Seguidores

Colegas, têm algum Portfólio/Dossier da vossa prática pedagógica?

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Auxiliares da acção educativa - será uma cruz?

Pois bem, será que são uma cruz ou nem por isso?

A verdade é que eu não tenho nada de muito bom a dizer sobre a matéria. Como já mencionei em postagens anteriores, a grande maioria são senhoras que têm a mania (principalmente as que passaram muito tempo em salas sem uma educadora) que são Sras. Educadoras, só porque já andam há muitos anos no "negócio".

Minhas senhoras, escutem bem, NÃO O SÃO! Essa é que é essa. Podem ter muita prática, já ter visto muita coisa, mas não estão com a razão.

Isto tudo surge no seguimento de uma situação que surgiu na sala e acabou por me fazer pensar sobre o assunto.
Trata-se de uma situação de hierarquias e nada mais normal do que elas fazerem o papel delas e nós o nosso. Nada mais que normal, digo eu!





E com vocês, caros/as colegas, também sucede o mesmo?

Beijinhos,
a Educadora!


PS: RECEBI UMA ALERTA DE UMA COLEGA, QUE A SINCERIDADE DAS MINHAS POSTAGENS E A FORMA COMO ACABO POR ME "EXPOR" PODERÁ VIR A SER PREJUDICIAL PARA MIM, DESTA FORMA, ALGUNS POST SERÃO EDITADOS.

AS MINHAS MAIS SINCERAS DESCULPAS POR ISSO E TENTAREI ACTUALIZAR O BLOG QUANDO A CABEÇA ESTIVER MAIS FRESCA.

OBRIGADA COLEGA M.L.

6 comentários:

Marisa disse...

Cá está um bom tema de debate! Era bom k as colegas k por aki passam deixassem registada a sua opinião... Eu acho k, como em tudo, há bons e maus exemplos, boas e más experiências! Se cada uma souber qual é o seu papel e quais são as suas funções, tudo correrá bem e não haverá "ultrapassagens" ou "invasões" desconfortáveis e geradoras de tensão. E todas sabemos como é importante k a equipa de trabalho tenha um bom relacionamento!!!

Educadora! disse...

Obrigada Marisa, pelo teu comentário!

Realmente estava a contar que algumas temáticas dessem origem a pequenos debates, principalmente porque o blog tem até uma quantidade de visitas diárias razoável...mas pronto, parece que não.

Aproveito então para reforçar o "pedido" da colega, POR FAVOR, DEIXEM A VOSSA OPINIÃO.

Beijinhos,
a Educadora!

Anónimo disse...

Boa noite, sou auxiliar de acção educativa e quanto a sermos uma cruz depende da profissional. Trabalho com crianças à mais de 10 anos e já resolvi situações em k o canudo da educadora de nada serviu. Alguma experiência tb é importante. E uma coisa lhe garanto não queria ser educadora, pois o exemplo de educadora k tenho na sala passa o dia no escritório a ouvir música enquanto k a reles auxiliar fica o dia inteiro com as crianças. Desempenho as minhas funções e as da educadora e garanto-lhe k até agradecia se a profissional trabalhasse pelo menos um par de horas por dia.
Espero k não sejam todas assim.
Obrigada

Educadora! disse...

Olá cara anónima!

Como é óbvio, nem todas as auxiliares são assim, bem como nem todas as educadoras são um modelo a seguir. É como em tudo na vida, temos bons e maus exemplos.

Neste momento trabalho com 2 auxiliares que são excelentes. Tivemos de fazer alguns ajustes inciciais, como é óbvio, mas actualmente o trabalho é do melhor!

É óbvio que a experiência também é importante, mas não só. Falo-lhe de uma situação, que provevelmente nem será a sua, de a linguagem que por vezes é usada para passar mensagens e recados aos pais (p.e. "Ai Jesus, hoje ele borrou-se todo, tive de o mudar dos pés à cabeça, tinha de ver o tamanho da cagada", quando o recado deveria ter passado de outra forma, talvez "Ele hoje leva roupa suja na mochila, mãe...está a fazer um "coco" muito mole, já lhe demos banana/papa de arroz ao lanche", por exemplo.

Quanto a desempenhar as suas funções e as de educadora... realmente dessa forma ela não é um bom exemplo a seguir. No meu caso, trabalho 6h directas com as crianças (desde o acolhimento, actividades,higiene, alimentação e dormida), mas também há quem não considere isso trabalho e sim apenas o tempo das actividades.

A verdade é que precisamos sempre umas das outras, isto se quiserermos exercer um bom trabalho.

Um beijinho grande e obrigada pelo seu comentário.
a Educadora!

Anónimo disse...

Penso que está a generalizar...
Em primeiro lugar já não se designam por auxiliares de educação mas sim por ajudantes de educação...
Na minha opinião são fundamentais para uma melhor organização da sala e uma ajuda imprescindivel.
óbvio que cada pessoa tem a sua maneira de ser,mas isso não mudará só por ser ajudante ou educadora. No entanto, acredito que podemos aproveitar a sua experiência, fazendo compreender qual o seu lugar. É essencial um trabalho de equipa para haver harmonia na sala de aula e o melhor ambiente possivel para as crianças.

patricia pereira disse...

1 palavra apenas ... INACREDITÁVEL!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails