Seguidores

Colegas, têm algum Portfólio/Dossier da vossa prática pedagógica?

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Contar e encantar - visita da primeira mamã



Hoje veio até nós a primeira mamã contar uma história! Ou melhor, quem contou foi a irmã pois os meus meninos (tem 2 gémeos na sala, o R. e o L.), assim que a viram não a largaram mais!
Como eu estava a dizer, a mana contou a história dos 3 porquinhos.
     Era uma vez três porquinhos que viviam com a sua mãe, como já eram crescidos a mãe disse-lhes que chegara a hora de cada um ir á sua vida.

    Resolveram cada um construir a sua propria casa.
    O mais preguiçoso construiu uma casa com palhinhas, foi o mais rápido e assim pode ir brincar.

   O seguinte construiu uma casa com paus, também acabou rapidamente e foi juntar-se ao seu irmão.

  O terceiro, mais voluntarioso, construiu a sua casa com tijolos.

     Chegada a noite cada um foi para a sua casa, o lobo mau que andara todo o dia a observá-los e estava faminto foi bater à porta do primeiro porquinho.
    - Truz, truz!
    - Quem é? - disse o porquinho, assustado.
    - Sou eu, o lobo e quero entrar, se não abrires vou soprar, soprar até a casinha voar.
    E assim o fez , a casa rapidamente voou. O porquinho fugiu para a casa do irmão, seguido do lobo que bateu novamente à porta.
     - Truz, truz!
     - Quem é? - perguntaram os porquinhos, assustados.
    - Sou eu, o lobo, e quero entrar. Se não abrirem vou soprar, soprar até a casinha voar.
     Assim o fez , a casa voou e os porquinhos fugiram para a casa de tijolo do terceiro porquinho, seguidos do lobo.

    - Truz truz! - voltou o lobo a bater cada vez mais esfomeado.
    - Quem é? - perguntou o porquinho mais velho.
    - Sou eu, o lobo e quero entrar, se não abrires vou soprar soprar até a tua casinha voar.
   Assim o fez, mas a casinha nem um milimetro mexeu, o lobo olhou para a chaminé e pensou que seria por ali que poderia entrar e subiu ao telhado. O porquinho, que era muito astuto, tinha um grande caldeirão com água a ferver, quando o lobo entrou caiu directamente dentro do caldeirão dando um salto tão grande que foi parar ao meio da floresta.

    E até hoje nunca mais ninguém ouviu falar no lobo mau.




Bem, os meninos todos gostaram!


Beijinhos,
a Educadora!

4 comentários:

Era uma vez... disse...

Imagino como devem ter amado a historia. Lindo o projeto, parabéns!O seu blog enriquece o meu coração cheiiiinhos de ideias.
Beijinhos fofos e um final de semana na paz!

Anónimo disse...

assim que a virão não a largaram mais!

Virão??? não seria "viram" do verbo ver??? ó colega, acredito que foi um lapso mas deve ter cuidado com o português :)

Educadora! disse...

Cara(o) anónima(o), realmente foi um lapso, do qual agradeço a referência.

É sempre bom sabermos que alguém está atento aos pormenores....

Educadora! disse...

Aproveito para informar que o mesmo já foi corrigido.

Obrigada.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails